Prefeitos do Ceara estiveram em reunião com governador do estado nesta quarta-feira (08)

A Prefeita de Irauçuba participou nesta quarta-feira (08) de uma reunião com o Governador do Estado e cerca de 110 prefeitos do Estado do Ceará através uma videoconferência.

Dentre os pontos abordados são destaques:

1º - Que os Prefeitos e Prefeitas conscientizem a população para ficarem dentro de suas casas no período da quarentena, principalmente na Semana Santa, que as pessoas evitem viagens da Capital pros interiores e vice-versa.

2º - Que sejam priorizados nos municípios as despesas com saúde, no que diz respeito ao enfrentamento da pandemia e evitem ao máximo, gastos em outras áreas, que no momento não são essenciais, para que os municípios consigam pagar suas contas fixas em dias e funcionalismo público evitando o caos e o desequilíbrio financeiro.

3º - Foi solicitado aos bancos e lotéricas, que se for o caso, contratem mais funcionários nesse período para ajudarem na organização das filas e estabeleçam uma metodologia que evite o fluxo no atendimento e aglomerações, dentro e fora da unidade. E a Polícia Militar e Guarda Municipal deverão fiscalizar se está sendo cumprido.

4º - A aquisição de EPI, insumos e outros equipamentos estão cada vez mais difíceis, foram comprados testes rápidos, máscaras, camas e respiradores de outros países, dentre eles a China e todos os países afetados estão ao mesmo tempo comprando este material, além de não ter, aonde tem estão vendendo por um valor mais alto que o preço de mercado por conta da grande demanda.

5º - Que os municípios façam campanhas em suas cidades mantenha diálogo através das redes sociais informando a população sobre a prevenção e a importância neste momento do isolamento pra evitar novos casos.

6º - Que todo município faça seu decreto de calamidade pública e assim, não se prejudique administrativamente e tenha mais liberdade de realizar ações de combate ao COVID-19.

7º -  O Governo do Estado está dando a isenção na conta água, luz por 3 meses e isso vale pra todos os municípios. Muitas famílias de baixa renda irão receber suas contas zeradas, aqueles que consomem até 10m³ por mês na água e energia quem consome até 100 kwatts.

8º - Foi sancionada a lei que libera R$ 200 bilhões em medidas para socorrer trabalhadores e empresas e ajudar estados e municípios no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Senado aprovou ainda extensão do auxílio para caminhoneiros, motoristas de aplicativo, catadores, diaristas e outras categorias. Pagamento começa no dia 10 de abril para quem já está no CadÚnico. O auxílio emergencial de R$ 600,00 será pago aos trabalhadores informais e pessoas que não recebam qualquer tipo de benefício previdenciário ou social (exceto Bolsa Família); ou que tenham renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 522) ou renda familiar de até 3 salários mínimos (R$ 3.135,00). Pela proposta, as mães chefes de família (sem marido ou companheiro) poderão receber até R$ 1.200,00.

Esses foram os principais assuntos abordados na reunião, estamos todos na mesma situação, procurando ao máximo que o coronavírus não chegue aos municípios, principalmente nos de pequeno porte, que não possuem estrutura para combater o vírus.
Nossa parte é conscientizar as pessoas e pedir que continuem em casa e evitem saírem por qualquer motivo que não seja realmente necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *