A Secretaria de Saúde de Irauçuba terá novo gestor a partir de hoje (02)

O enfermeiro Amorim Gleidson Souza Mota será o novo secretário de saúde do município de Irauçuba, a partir do dia 02 de março, A informação foi publicada na página oficial da Prefeitura Municipal no Facebook na tarde sexta-feira (28). Ele assume no lugar de Raquel Duarte que estava a frente da pasta desde 2017, A prefeita Geraldina Braga informou que Raquel deixou o governo por vontade própria.

Amorim Gleidson é formado em Enfermagem, Pós graduado em Saúde da Família pela UVA, trabalhou como enfermeiro do Hospital de Irauçuba, Hospital de São Luís do Curu, Uruburetema, Hospital Regional Norte e foi Coordenador de Enfermagem do Hospital Dr. Pedro de Castro Marinho, de Irauçuba; trabalhou na Secretaria de Saúde Indígena, como enfermeiro de área indígena no Pará, através de Programa do Governo Federal e é Professor das Disciplinas de Enfermagem Geriátrica, Introdução a Enfermagem, Infecção Hospitalar, Clinica, Saúde Ambiental, Anatomia e Fisiologia Humana pelo Instituto Técnico Sobralense-ITES. No Município de Irauçuba, além do Hospital já trabalhou em diversos PSF’s e foi Coordenador do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB), foi Assessor técnico em Projetos e Programas da Saúde e Coordenador do Programa Saúde na Família.

O mesmo recebeu o convite no dia 17 de fevereiro, quando já havíamos decidido mudar a gestão da pasta, e prontamente aceitou para ser nomeado no início do mês. Os investimentos não param!

Confira o que está por vir:

• Inauguração do Hospital Dr. Pedro de Castro Marinho.

• Reforma do Centro de Zoonose.

• Construção do Abatedouro Público.

• Está sendo reformado o PSF do Missi.

• Serão reformadas todas as Unidades Básicas de Saúde do Município (já foi dada ordem pra ser feito projeto de reforma em todas, com exceção do Missi, que já iniciou).

• Todas as equipes de saúde serão informatizadas (já estão marcadas as licitações).

• Foi autorizada a aquisição de equipamentos permanentes para todas as unidades básicas de Saúde e demais equipamentos de saúde.

• Já foi consertada mais um ambulância para ficar a disposição da Secretaria da Saúde no hospital para o transporte de pacientes, que não estão nas obrigações do contrato da O.S, conforme prometido.

• Este foi o ano que a saúde mais recebeu investimento, só de emendas parlamentares 2.100.000,00 (dois milhões e cem mil reais) conseguidos com Parlamentares através de articulações políticas.

• Emenda Parlamentar do Deputado André Figueiredo no valor de R$ 90.000,00 para aquisição de um micro-ônibus para transporte de doentes.

• Equipes no período noturno no Juá, Missi e no Cruzeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *